PT:Declaraçăo (Nova Roma)

From NovaRoma
Jump to: navigation, search

 Home| Latíné | Deutsch | Esperanto | Español | Français | Italiano | Magyar | Português | Română | Русский | English

Nós, o senado e povo de Nova Roma, no intuito de restaurar as fundaçőes da civilizaçăo ocidental, declaramos fundar Nova Roma como uma naçăo soberana. Nós manifestamos Nova Roma como uma naçăo e uma república independentes no mundo, com sua própria constitutiçăo e governo legal, com todas os direitos e responsabilidades internacionais que tal status carrega.

Como uma naçăo soberana, Nova Roma faz as seguintes reinvidicaçőes aos organismos e direitos internacionais:

Nós reconhecemos o território romano antigo ser nossa pátria cultural e religiosa, e reivindicamos direitos históricos a todos os locais e territórios que estavam sob o controle ou a administraçăo direta da república e do império romanos antigos entre os anos 753AC e 395 DC.

Nós reconhecemos as realidades políticas modernas que fazem a restauraçăo de tais terras antigas a nós impossível. Conseqüentemente nós limitamos nossa reivindicaçăo territorial ativa a uma quantidade de terra ao menos igual ŕquela mantida pelo estado soberano da cidade do Vaticano; 108 acres contínuos. Nesta terra será fundada no formato de um fórum Romano uma capital mundial para a admistraçăo de nossa cultura. O local exato para esta capital governamental e espiritual novo romana deverá ser determinado.

No mais, a fim de que nossa presença no mundo possa ser estabelecida, Nova Roma reivindica que nosso território físico seja manifesto em meio aos lugares que nosso estado, cidadăos, e organizaçőes religiosas fisicamente possuam e ocupem, e que Nova Roma possa os manter em meio ao mundo. Estes territórios existirăo em um status de Soberania Dupla, estando sob a administraçăo cultural e espiritual de Nova Roma, mesmo enquanto permaneçam sob o domínio e as leis civis de outras naçőes hospedeiras. Nossa garantia é fomentar uma influęncia cultural e espiritual benigna e benéfica em todo todas as sociedades, sendo politicamente neutra e legal nas açőes restantes.

Nova Roma reivindica também provisória Dupla Cidadania sobre todos os outros locais onde os deuses e as deusas de Roma antiga sejam adorados por nossos cidadăos bem como preservar nossa unidade cultural e espiritual. Esta soberania dupla será administrada pelo povo diretamente e durará somente durante a celebraçăo de cerimônias e de ritos religiosos. Desta maneira nós permaneceremos uma única cultura e naçăo, mesmo enquanto nós existimos entre os outros países do mundo.

A cidadania em Nova Roma está aberta aos povos de todas as nacionalidades e raças. A finalidade expressa de nossa naçăo é promover a compreensăo e a cooperaçăo internacionais com a preservaçăo de nossa fundaçăo classica comum, e alentar nova vida e honra em toda a civilizaçăo ocidental com a restauraçăo da piedade, virtudes e civilidade antigas.

Nós, os cidadăos e o Senado de Nova Roma por este meio renunciamos formalmente, eternalmente e sem exceçăo, ao uso de força, rebeliăo, coerçăo, ou intimidaçăo na busca por nosso status e reivindicaçőes internacionais. Nós nos esforçaremos por permanecer como uma naçăo legal, calma e benigna, em acordo com os princípios reconhecidos e compartilhados pela comunidade mundial.

Assinado este dia em nome do Senado e povo de Nova Roma:

prid. Kal. Mar. , Fl. Vedio M. Cassio cos. MMDCCLI a.u.c.

Flavius Vedius Germanicus, Consul

Marcus Cassius Iulianus, Consul

Personal tools