PT:Sacerdotes (Nova Roma)

From NovaRoma
Jump to: navigation, search

 Home| Latíné | Deutsch | Esperanto | Español | Français | Italiano | Magyar | Português | Română | Русский | English

Os rituais públicos da Religio Romana eram realizados e contorlados por um grande número de diferentes colégios sacerdotais e alguns sacerdotes e magistrados especiais. Essas organizações sacerdotais que estavam abaixo dos colégios eram conhecidos como sodalicia. Havia também diversos sacerdotes "independentes" que usavam o título de sacerdos. Além disso, um grande número de sacerdócios e cultos estrangeiros se estabeleceram em Roma, como os cultos a Isis and Serapis). Alguns desses cultos eram iniciatórios, e eram chamados "misteriosos", como os mistérios de Mithras). Nova Roma reestabeleceu esses sacerdócios antigos como parte de nossos esforços no sentido de reconstruir a religião e a cultura romanas.

Contents

Entrando para o Sacerdócio

Nova Roma aceita pedidos de ingresso a vários sacerdócios. Se você está interessado em ajudar a reconstruir a Religio Romana e o culto às divindades romanas antigas com apoio oficial, teremos prazer em atendê-lo. Os sacerdócios em Nova Roma estão abertos tanto para homens quanto para mulheres, com exceção das Vestais. Como o sacerdócio é uma posição importante de responsabilidade, nós pedimos que você leia as regras antes de solicitar o ingresso. Qualquer dúvida pode ser encaminhada ao Collegium Pontificum. Se você tem interesse em se tornar sacerdote ou sacerdotisa de Nova Roma, faça seu Pedido de ingresso.

Escritórios da Religio Romana Pública

O Collegium Pontificum (Colégio de Pontífices)

O Collegium Pontificum consiste de quinze sacerdotes que servem os rituais públicos da religião do Estado e têm autoridades gerais de determinarem a estrutura e a natureza tanto desses rituais públicos quanto dos sacerdócios em si. Eles agem como um comitê supervisor da Religio Romana e indicam os membros dos diversos sacerdócios. Algumas tarefas administrativas específicas incluem: aconselhar o Senado em questões religiosas, estabelecer as datas dos festivais religiosos, organizar e assistir o Sacerdócio e agir como os juízes finais da Lei Sagrada e de disputas de ordem religiosa.

Pontifex Maximus

O Pontifex Maximus atua como o porta-voz do Collegium Pontificum e supervisiona a Comitia Curiata e as vestais. 1 vaga: 1 preenchida, 0 disponível.

Rex Sacrorum / Regina Sacrorum

O Rex e a Regina Sacrorum (Rei/Rainha do Sagrado) são um casal legalmente casado que realiza vários rituais públicos e faz os anúncios dos dias de festivais. Estão primeiramente entre os sacerdotes e membros do Collegium Pontificum, mas são subordinados ao Pontifex Maximus. O Rex e a Regina Sacrorum não podem outras funções religiosas ou políticas. 2 vagas: 0 preenchida, 2 disponíveis.

Pontifices

CIV-Titus Iulius Sabinus.jpg Titus Iulius Sabinus

Pontifex Maximus

CIV-Quintus Fabius Maximus.jpg Quintus Fabius Maximus

Pontifex

CIV-Quintus Caecilius Metellus Pius Postumianus.jpg Quintus Caecilius Metellus Pius Postumianus

Pontifex

CIV-Gnaeus Cornelius Lentulus.jpg Gnaeus Cornelius Lentulus

Pontifex

Unknown Citizen.jpg Gaius Vipsanius Agrippa

Pontifex

CIV-Marcus Cornelius Gualterus Graecus.jpg Marcus Cornelius Gualterus Graecus

Pontifex

CIV-Gnaeus Iulius Caesar.jpg Gnaeus Iulius Caesar

Pontifex

CIV-Marcus Pompeius Caninus.jpg Marcus Pompeius Caninus

Pontifex



15 vagas: 10 preenchidas, 5 disponíveis.

Flamines

Os Flamines são treze sacerdotes que servem a divindades específicas, embora estejam autorizados a servir a outras divindades se desejarem. Os Flamines realizam rituais públicos nos dias sagrados de suas divindades e supervisionam de forma geral o culto às suas divindades. Os Flamines estão presentes no Collegium Pontificum.

Flamines Maiores

Flamen Dialis

O Flamen Dialis serve ao culto de Júpiter e participa dos festivais de Vinalia e das cerimônias de casamento. Este sacerdócio está sujeito a um grande número de tabus complexos que ainda não foram resolvidos para a nossa reconstrução, por isso o cargo não está aberto. A esposa do Flamen Dialis era conhecida como Flaminica Dialis e o assistia nos rituais, estando sujeita aos mesmos tabus. 0 vaga: 0 preenchida, 0 disponível.

Flamen Martialis

O Flamen Martialis supervisiona o culto a Marte, o deus da Guerra, realizando os rituais públicos nos dias sagrados a Marte. 1 vaga: 1 preenchida, 0 disponível.

CIV-Lucius Equitius Cincinnatus Augur.jpg Lucius Equitius Cincinnatus Augur

Flamen Martialis

Flamen Quirinalis

O Flamen Quirinalis supervisiona o culto a Quirino, um deus relacionado ao lado pacífico de Marte, que preside sobre a vida social romana. O Flamen Quirinalis realiza os rituais públicos no dia sacrado a esse deus. 1 vaga: 1 preenchida, 0 disponível.

Unknown Citizen.jpg Gaius Iulius Scaurus

Flamen Quirinalis

Flamines Minores

Flamen Carmentalis

O Flamen Carmentalis supervisiona o culto a Carmenta, uma deusa da Profecia e do Oráculo. O The Flamen Carmentalis realiza os rituais públicos nos dias sagrados a essa deusa. 1 vaga: 1 preenchida, 0 disponível.

Unknown Citizen.jpg Marcus Moravius Piscinus Horatianus

Flamen Carmentalis

Flamen Cerealis

O Flamen Cerealis supervisiona o culto a Ceres, deusa dos grãos. O Flamen Cerealis realiza os rituais públicos nos dias dedicados a essa deusa. 1 vaga: 1 preenchida; 0 disponível.

Unknown Citizen.jpg Flavius Galerius Aurelianus

Flamen Cerealis

Flamen Falacer

O Flamen Falacer supervisiona o culto a Falacer, um herói romano divinificado que personificava qualidades como força, coragem etc. O Flamen Falacer realiza rituais públicos no dia dedicado a Falacer. 1 vaga: 0 preenchida; 1 disponível.

cargo vago

Flamen Florealis

O Flamen Florealis supervisiona o culto a Flora, deusa das flores e da primavera (e, a partir disso, de todos os inícios). O Flamen Florealis realiza rituais públicos nos dias dedicados a essa deusa. 1 vaga: 1 preenchida; 0 disponível.

CIV-Gaius Iulius Iulianus.jpg Gaius Iulius Iulianus

Flamen Florealis

Flamen Furrinalis

O Flamen Furrinalis supervisiona o culto a Furrina, uma deusa da primavera associada à água e possivelmente conectada à saúde e à cura. O Flamen Furrinalis realiza rituais públicos nos dias dedicados a essa deusa. 1 vaga: 0 preenchida; 1 disponível.

cargo vago

Flamen Palatualis

O Flamen Palatualis supervisiona o culto a Palatua, guardiã do Vale Palatino e uma das deusas do início de Roma. O Flamen Palatualis realizar rituais públicos no dia dedicado a essa deusa. 1 vaga: 0 preenchida; 1 disponível.

cargo vago

Flamen Pomonalis

O Flamen Pomonalis supervisiona o culto a Pomona, deusa do fruto. O Flamen Pomonalis realiza rituais públicos nos dias dedicados a essa deusa. Não há um dia único comemorativo com grande festival. 1 vaga: 1 preenchida; 0 disponível.

CIV-Gaius Fabius Buteo Modianus.jpg Gaius Fabius Buteo Modianus

Flamen Pomonalis

Flamen Portunalis

O Flamen Portunalis supervisiona o culto a Portunus, deus dos portos e das portas. O Flamen Portunalis realiza rituais públicos dedicados a esse deus. 1 vaga: 0 preenchida; 1 disponível.

cargo vago

Flamen Volcanalis

O Flamen Volcanalis supervisiona o culto a Volcano, deus do fogo e da metalurgia. O Flamen Volcanalis realiza rituais públicos dedicados a esse deus. 1 vaga: 0 preenchida; 1 disponível.

cargo vago

Flamen Volturnalis

O Flamen Volturnalis supervisiona o culto a Volturnus, um deus do rio associado ao vento sudeste, possivelmente relacionado com as viagens e o comércio. O Flamen Volturnalis realiza rituais sagrados a esse deus. 1 vaga: 1 preenchida; 0 disponível.

CIV-Gaius Ambrosius Artorus Iustinus.jpg Gaius Ambrosius Artorus Iustinus

Flamen Volturnalis

Virgines Vestales (as virgens vestais)

Um sacerdócio de seis mulheres que guardam o Sagrado Coração de Roma. Eles observam o culto a Vesta, deusa do coração e do fogo, e realizam rituais públicos a essa deusa. As tarefas das vestais incluem alimentar o fogo do Sagrado Coração de Roma e fazer a Mola Salsa (um bolo sagrado usado em rituais públicos).

As vestais também guardam alguns objetos sagrados, como o Palladium (uma antiga imagem de Palas Atena que se diz ter sido resgatada de Tróia). Na Roma Antiga, as vestais eram virgens; em Nova Roma, isso foi substituído por um voto voluntário de castidade durante a duração do cargo. Até que Nova Roma tenha uma sede, cada vestal guardará consigo uma chama sagrada como símbolo do Sagrado Coração de Roma. As vestais têm grande respeito por seu trabalho e podem ser precedidas por lictores.

Vestal líder: Cargo vago

A Vestal líder supervisiona o trabalho das outras vestais e é membro do Collegium Pontificum.


CIV-Gaia Maria Caeca.jpg Gaia Maria Caeca

Virgo Vestalis


6 vagas: 2 preenchidas; 4 disponíveis.

Vestais antigas: (homenageadas por seus antigos votos e seu trabalho)

Collegium Augurium (colégio de augures)

Nove sacerdotes que estabelecem condições para a criação de templos. O Collegium Augurium é o segundo nível na hierarquia da Religio Romana. As tarefas dos augures incluem promover condições para ações políticas e militares, consagrar os lugares de templos e altares, verificar as leis de augúrio (ius augurium — a arte do augúrio propriamente dito) e aconselhar o Senado.

Augures ativos

CIV-Gaius Claudius Quadratus.jpg Gaius Claudius Quadratus

Augur Magister Collegii

CIV-Gaius Tullius Valerianus Germanicus.jpg Gaius Tullius Valerianus Germanicus

Augur



9 vagas: 2 preenchidas; 7 disponíveis (4 plebeus, 3 patrícios)

Augures eméritos

Septemviri Epulones

Sete sacerdotes que supervisionam a organização de festas religiosas públicas. Os Epulones organizam o Epulum Iovis (festa de Júpiter para o Senado e Povo, da qual participam as imagens de divindades do Capitolinum), assim como os banquetes públicos em outros festivais e jogos. Os Epulones são um dos quatro principais colégios de sacerdotes.

7 vagas: 0 preenchida; 7 disponíveis

Sodales Fratres Arvales

Vinte sacerdotes que compõem o mais antigo colégio sacerdotal de Roma. Esse colégio oferece sacrifícios públicos pela fertilidade dos campos e supervisionam o culto à Dea Dia, deusa dos grãos e cereais. Os rituais desse colégio são um dos poucos da Roma Antiga sobre os quais se sabem todos os detalhes. Naquela época, os rituais ocorriam em um templo com uma casa de banhos. Até que Nova Roma possua um local assim, os membros devem se encontrar pessoalmente pelo menos uma vez por ano para realizarem o ritual, se possível.

Magister (presidente)
Esse cargo é eleito anualmente entre os membros do colégio.
Flamen Arvales (assistente do presidente)
Esse cargo é eleito anualmente entre os membros do colégio.
Sacerdotes Arvales
20 vagas: 0 preenchida, 20 disponíveis.

Sodales Luperci

Os Lupercii são responsáveis pela purificação e fertilidade, e o festival da Lupercalia é um momento de festa. O número exato de Lupercii não é bem conhecido, e deve ter variado ao longo do tempo.

Luperci Quinctiales (ou Quintilii)

(classe fundada por Rômulo): Cargos vagos

Luperci Fabiani (ou Fabianii)

(classe fundada por Remo): Cargos vagos


Sodales Salii

Vinte e quatro sacerdotes de Marte que dançam em procissão durante os festivais públicos a esse deus. Os Salii são responsáveis por segurar os ancilia (escudos sagrados), dançarem e cantarem nos festivais dedicados a Marte. Os Salii, na Antigüidade, usavam armaduras velhas e portavam armas e paravam a procissão em certos lugares para realizarem rituais, dançarem e cantarem. in antiquity wore archaic armor and carried arms, and would stop their procession at certain places to carry out ritual dances and sing.

Sodales Palatini

Doze sacerdotes devotados a Mars Gravidus:

  • Marcus Martianus Gangalius
  • Lucius Martianus Paullus

Sodales Collini (ou Agonenses)

Doze sacerdotes devotados a Quirinus

Collegium Fetalium (Colégio de Fetiales)

Vinte sacerdotes que representam Roma na diplomacia externa e promove tratados e declarações de guerra. Em Nova Roma, os Fetiales atuam como diplomatas com outras nações e organizações, e portanto devem conhecer o suficiente das leis e a política de Nova Roma.

(20 vagas: 1 preenchida; 19 disponíveis)

Quindecimviri Sacris Faciundis

Um dos quatro colégios sacerdotais maiores. Quinze sacerdotes que cuidam dos Livros de Sibila e da sua restauração.

(15 vagas: 0 preenchida; 15 disponíveis)

Sacerdotes (sacerdócios menores)

Havia uma série de deidades maiores e menores em Roma cujos cultos ficaram nas mãos de sacerdotes e sacerdotisas menos conhecidos. Os Sacerdotes menores são os sacerdotes do dia-a-dia que administram os templos e realizam cultos para a população, ajudando-a a fazerem suas orações domésticas.

Em Nova Roma, os Sacerdotes menores são aqueles que são responsáveis pelas divindades que não possuem seu próprio Flamen ou Colégio Sacerdotal ou que auxiliam algum Flamen no seu trabalho. Não há um limite definido para o número de sacerdotes menores que podem servir a cada divindade.

Note que, devido ao grande número de deuses e deusas do mundo romano, não é possível listar todos os Sacerdócios Menores possíveis aqui, por isso estão listados apenas aqueles que já são praticados. Se houver alguma divindade à qual você tem interesse em se dedicar, está convidado a fazer a solicitação a um Sacerdote oficial para que seu pedido seja encaminhado ao Colégio Pontifício.

Apollinis Aedis Sacerdotes

  • Cyrene Lucretia Corva Apollinaris

Dianae Aedis Sacerdotes

Iani Aedis Sacerdotes

  • Tiberius Octavius Claudianus

Magnae Matris Deum Aedis Sacerdotes

  • Vopisca Iulia Cocceia

Mercuri Aedis Sacerdotes

  • Marcus Cornelius Felix

Minervae Aedis Sacerdotes

Neptuni Aedis Sacerdotes

  • Gaius Ambrosius Artorus Iustinus
  • Violentilla Galeria Saltatrix

Palatuae Aedis Sacerdotes

  • Vopisca Iulia Cocceia
Personal tools